Ads 468x60px

06/07/2011

Após previsão falha do Fim do Mundo, população pede a cassação da Family Radio



 Sete denuncias, em diversos Estados, reclamam que as mensagens do grupo de Harold Camping enganam milhares de pessoas.


Depois que o mundo não acabou no dia 21 de maio, como previa Harold Camping, várias pessoas fizeram reclamações para a Comissão Federal de Comunicações (FCC), exigindo que as licenças de dezenas de estações de Rádio AM e FM da Family Radio, fossem revogadas.


Segundo informou o jornal New York Times, entre 11 de janeiro de 25 de maio foram registradas sete queixas contra a empresa de Camping em diversas regiões dos Estados Unidos onde a Family Radio possui estações.


As denuncias alegam que o ministério criou um pânico público e que enganou milhares de ouvintes que chegaram a enviar dinheiro ao Family Radio para ajudar na propagação da profecia falsa. Segundo o ministério, foram gastos “dezenas de milhões de dólares” promovendo a previsão de arrebatamento no dia 21 de maio.


A queixa de Stevensville, Maryland, disse: “Eles estão distribuindo mensagens de ódio e homofobia no ar, incluindo: ‘Orgulho Gay é um sinal do fim do mundo’”.


O porta-voz do ministério, Tom Evans, disse em um email que não houve uma investigação formal, e, “A FCC não nos contatou, então eu não tenho interesse em comentar”.


Por causa da mensagem sobre o final do mundo, duas tragédias aconteceram e sobre elas a FCC deve se preocupar, já que o governo federal americano não intervém quando os assuntos envolvem religião, mas nesse caso houve morte e tentativa de homicídio.


Na Antioquia, em 21 de maio, Victor Frasno, como foi relatado, teria tentado alcançar Deus através do lago, e acabou se afogando pois não sabia nadar. Já em Palmdale, Califórnia, Lyn Benedetto cortou a garganta de suas duas filhas, e depois a sua própria, segundo a polícia, para que elas não sofressem no juízo final iminente. Todos sobreviveram e Benedetto, a mãe, está na cadeia aguardando julgamento.


“O ensino sobre o arrebatamento é simplesmente abusivo”, disse Marlene Winelle. Para ela não será surpresa se a FCC não interceder, visto que na cultura religiosa não é fácil responsabilizar alguém.


Harold Camping, depois de a previsão ter falhado alegou que a nova data é o dia 21 de outubro. Ele está no momento fora de ar, se recuperando de um acidente vascular cerebral leve em uma clínica de repouso


Fonte: Gospel Prime

Nenhum comentário:

 

Sample text

Sample Text

Sample Text