Ads 468x60px

22/03/2011

Antes que a Lâmpada se apague






A Primeira década do Século XXI já se foi, entramos na segunda década deste século. Qual o prognóstico desta que, TALVEZ, possa ser a última geração?
Alguns, com certeza, diriam: Não tem mais jeito! Não há mais solução! Ou, como poderia dizer alguns de nossos irmãos: “O mundo [MAIS do que] jaz no maligno”.
Gostaria de falar sobre esta geração e os dias em que a vivemos. Antes, porém, permita-me fazer algumas considerações.
E pra começar afirmo e concordo plenamente com certo pregador que, certa vez, disse: “Pela Lei de Deus (não os mandamentos, mas sim pela vontade de Deus), só existem dois reinos, a saber: O Reino de Deus e o Reino dos homens”. Talvez você estranhe essa afirmação ou constatação; mas, conhecendo as escrituras e os argumentos a seguir, você verá que é bem plausível esta afirmação.
Segundo os exegetas que afirmam que houve uma rebelião no céu, Satanás, antes Lúcifer, desejava, e de fato achava, ser como Deus, o Criador.
De acordo com o texto bíblico, na ótica dos que interpretam a queda de Lúcifer, este ser, cuja interpretação do nome é: “Portador da luz”; desejava ter o seu Reino e ser adorado tal como Deus é. Por isto, incitou outros seres angelicais (Tanto para, segui-lo, como para adorá-lo); e assim levou consigo (em sua rebelião) 33,33 % ou 1/3 dos anjos. Acontece que todos os que tomaram partidos na rebelião foram expulsos do Céu; perderam sua essência, e passaram de bons a maus, de luz a trevas! Para maiores informações sobre este fato leia Isaías 14.10-15 e Ezequiel 28.12-19 procure literaturas que falam pormenorizadamente sobre este assunto; pois não é a nossa proposta neste artigo.
Pois bem… Tempos depois (milhaaares de anos) do referido evento, Deus, cria (ou recria) a Criação como a conhecemos; firmamento, estrelas, terra, água, plantações, animais, etc. Por fim, cria o homem, a sua imagem, conforme a sua semelhança. O Capítulo 1 e versículos 26 e 28 de Gênesis, vemos a quem Deus concedeu domínio e poder sobre a criação: A SATANÁS? Claro que NÃO! Ao Homem!
A esse mesmo homem, Deus concedeu, além do Domínio e o poder sobre a criação, o poder de livre escolha, o que para alguns, significa: LIVRE ARBÍTRIO. É como se Deus dissesse ao homem: Este é o seu reino, você tem o domínio o poder; em outras palavras, você é quem decide! Mas, você pode perguntar: Mas, Deus não é soberano? Sim, mas ele respeita a “livre escolha” de cada um. Lembra-se, Apocalipse 3.20 diz: “Eis que estou à porta e bato, se alguém ouvir a minha voz, e ABRIR A PORTA, entrarei em sua casa…”. Muito interessante! Jesus disse que “aquele que ouvir e abrir a porta”; a pessoa tem que fazer de livre vontade, Ele não invade, nem arromba a porta. Ao contrário, quem faz isto é o ladrão, sanguinário que “não entra pela porta no curral das ovelhas” (João 10.1). Este mesmo ladrão “veio para roubar, matar e destruir…” (João 10.10); uma indicação do nosso inimigo, Satanás.
(NOTA: Por isso, creio que se a pessoa (qualquer) quiser ser liberta, assim será! O maior trabalho de libertação quem faz é a própria pessoa, é lógico, com a ajuda de Cristo, e da intercessão dos outros. Mas o maior trabalho vem da própria pessoa).
Enfim! Fato é que Satanás não tem lugar para morar, nem muito menos um Reino!! O que aconteceu e o que acontece é que os homens passaram, uma vez que pecaram, o domínio e o poder sobre a criação a Satanás. Falei em outro artigo sobre (Clique aqui e leia) “de quem sois vencidos, vos ofereceis como escravos”. Em outras palavras: “Aquele que é vencido do pecado torna-se escravo dele”. Em suma: Passamos o domínio de nós mesmos (Os pecadores sem Cristo) e de toda a criação ao nosso inimigo, que passa então, a influenciar a Criação de maneira direta e maléfica contra nós mesmos e, principalmente, contra Deus.  
Contudo, em Cristo e por Cristo, somos mais do que novas criaturas (2 Coríntios 5.17), somos Filhos (Gálatas 4.6). Somos libertos da Escravidão imposta a nós! Interessante, também, é o que diz o livro de Romanos 8.19-22: “ a ardente expectação da criação espera a manifestação dos filhos de Deus… Porque a criação ficou sujeita a vaidade, não por sua vontade… Na esperança  de que TAMBÉM a mesma criação será liberta da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus”. Se por um lado somos livres da escravidão, como diz as escrituras: “Portanto, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito”. (Rm 8.1). Infelizmente não podemos dizer o mesmo de toda a Criação; não por Cristo, mas, por culpa nossa!!
Fico a me perguntar: Será que o mundo Jaz no maligno porque nos falta atitude? Porque falta a manifestação dos verdadeiros, intrépidos, honestos, íntegros filhos de Deus?
A verdade, acho eu, é que acabamos por nos conformar com pouco! Somente com a “NOSSA” (individual) salvação; mas, não com a dos outros; não com o local onde vivemos (incluindo o planeta).
Hoje, vejo, e constato: O mundo MAIS do que jaz no maligno! Mas, pergunto: Ainda há esperança? Creio que sim! Nem que seja apenas para minimizar o estrago já feito anteriormente.
Houve uma época muito parecida com os nossos dias. Dias de trevas quase palpáveis, como aquela no Egito. Uma geração parecida com a nossa; talvez um pouco pior até! Parecia não haver mais solução para aquela época, para aquela geração. O Texto bíblico nos relata o drama daquele povo naqueles dias em Juízes 21.25: “… Cada um fazia o que queria; o que parecia reto aos seus olhos”. Leia também 1 Samuel 2.12-25. Tal era o descaso com as coisas de Deus e com o próprio Deus, que o texto bíblico diz, a respeito desta mesma geração: “… E a palavra do Senhor era muito escassa e não havia visão manifesta naqueles dias” (1 Samuel 3.1).
Todavia, apesar da “aparente” falta de solução, a bíblia mostrou e nos mostra que houve e que há esperança… O texto de 1 Samuel 3.3 revela-nos contornos dramáticos; diz: “ANTES QUE A LÂMPADA de DEUS SE APAGASSE…O SENHOR CHAMOU A SAMUEL”.
Ufaaa!! Ainda há esperança meu amado! Há esperança para você, para sua família, para o seu bairro, sua cidade, para o nosso BRASIL, há esperança para o mundo. A luz pode estar se apagando, mas, ainda não apagou!! A luz pode estar se apagando, mas, haverá esperança enquanto houver Samuel’s, Maria’s, João’s, José’s, Alex’s, etc. etc. etc. que disserem: “EIS-ME AQUI SENHOR; EU ESTOU OUVINDO”!!
Não se acomode, faça a sua parte, mesmo que seja pouco aos seus olhos. Como disse outro certo Pregador: “O mundo Jaz no maligno?? só quando eu não mais estiver aqui”.
Essa tem que ser a nossa atitude. Não vamos deixar e entregar o que é nosso por direito a satanás e deixa-lo fazer o que bem quiser

Nenhum comentário:

 

Sample text

Sample Text

Sample Text